Escolha uma Página

Ação.

Fazer.

Acontecer.

Desdizer a opinião primeira.

Parar.

Calar.

Retomar a atitude lá de cima.

Gritar aos quantos cantos.

Para quê? Sei lá! Talvez por que alguém sempre faça introduções assim, e por isso, como sou produto do meio repito. Mas, também pode ser baixa escolaridade, pouco requinte, o suficiente para fugir da métrica.

Inventar desculpa. Mentir. Sofismas. Matemática. Cálculos. Somar. Subtrair. Ficar sem e voltar para casa com três feijões mágicos. É assim, que todo mundo terminar o dia, com o sonho de que a noite tudo muda, algo fantástico vai acontecer.

Faça-se a luz, diz o verbo. Acordamos. Os feijões continuam lá. Nada aconteceu.

Agir.

Andar.

Cair.

Cansar.

Frear.

Finalizar.

Imagem:  Rachael Gorjestani via Unsplash

Texto: Tarcísio Oliveira

Comentários

comentários